Comer é saudável | Apresentação Mag

April 15, 2015

Oi gente!

 

O post de hoje é especial. Sinto que ando um pouco repetitiva, porque quase todos os posts são especiais, pelo menos para mim! Quero apresentar a vocês a minha amiga Mag. Marcela e eu estudamos juntas os três anos do ensino médio. Adoraríamos mostrar para vocês uma foto daquela época em que usávamos aparelho, mas, lamentavelmente, naqueles tempos nossos celulares não tinham câmera (aliás, eu nem tinha celular!) e as câmeras digitais não eram tão populares assim.

 

Enfim, quando o blog começou, eu recebi mensagens de muitos amigos da escola e a Mag foi uma das primeiras pessoas que me escreveram. Imediatamente surgiu a ideia de que poderíamos combinar esforços para fazer algo legal juntas. 

 

Mag é formada em nutrição pela Universidade de Brasília (2009), trabalhou no Hospital Regional de Santa Maria, na Secretaria de Educação do DF e desde 2013 trabalha no Hospital Regional de Planaltina. Desde 2011, atende na Clínica Stevanato, na Asa Sul, Brasília. Os atendimentos na clínica incluem avaliação nutricional, elaboração de plano dietético e reeducação alimentar. Atualmente, faz uma pós-graduação em Prescrição de Fitoterápicos e suplementação nutricional clínica e esportiva na Estácio de Sá.

 

Quando fizemos uma videoconferência para colocar o papo em dia (pelos nossos cálculos, a gente não se encontra há mais de 8 anos), nos emocionamos muito com a possibilidade de fazer uma parceria! Mag acredita (e eu também) que precisamos comer bem, comer de forma inteligente. Essa é a proposta do blog e vai ser incrível ter uma profissional que entende do assunto colaborando na hora de gerar conteúdo com informações nutricionais.

 

Mag, seja muito bem vinda a esse espaço. Espero que você se divirta tanto quanto eu pensando no conteúdo que vamos produzir pro blog!

 

Muito em breve vocês começarão a ver os resultados dessa parceria, mas antes que tudo, quero compartilhar com vocês o texto que a Mag preparou para ilustrar um pouco sua perspectiva de que comer é saudável.

 

****************************

 

A alimentação hoje está em foco. Diariamente ouvimos, em meio a dúvidas e lendas urbanas, o termo alimentação saudável. É aquilo que todo mundo sabe o que é, mas todo mundo faz confusão. Comer faz parte das nossas vidas, da nossa rotina, dos nossos vínculos sociais, do nosso afeto. Está intimamente ligado aos prazeres fisiológicos e emocionais. Assim, chega a ser inviável a elaboração de cápsulas mágicas, shakes milagrosos, que possuem milimetricamente calculado as necessidades nutricionais diárias. Sem falar nas variações interpessoais, cada organismo é único, cada pessoa tem necessidades diferentes. Precisamos, então, da comida de verdade, da salada de todas as cores, do arroz e feijão feito em casa, da maçã suculenta, do cafezinho que desperta, do bolo de aniversário, entre tantas outras comidas apetitosas.

 

É visível a busca pelo equilíbrio e pela adequação da alimentação responsável pela promoção da saúde, boa aparência e melhora do desempenho físico. Na atualidade, ter um corpo bonito, está sendo usado como sinônimo de grandes conquistas, uma vez que a beleza tem sido encarada como um valor existencial para a população mundial. Mas, às vezes, esse conceito passa dos limites, a estética está sendo hipervalorizada em detrimento a saúde. Estamos nos preocupando muito com a embalagem e menos com o conteúdo. Na outra ponta dos excessos está os exageros nas gulodices. Comer dá prazer, sim, mas precisamos adequar isso as nossas necessidades. O excesso de peso vem crescendo a galopes, é preciso respeitar os limites do nosso corpo.

 

 A área do conhecimento da ciência da nutrição é bastante ampla, multidisciplinar e interprofissional. Precisamos casar a nutrição com a gastronomia, psicologia, agronomia, e por aí vai. Devemos falar dos alimentos de forma mais abrangente como algo que nutre corpo e alma, que traz saúde e felicidade pra nossa rotina, afinal de contas comemos todos os dias, várias vezes. Comida é algo sinestésico, mistura todos os nossos sentidos. Sendo assim, vamos aprender a comer de tudo, fracionando os horários, respeitando nossos limites, necessidades e vontades. Vamos nos libertar desse terrorismo nutricional, comer e ser feliz! 

 

Só falta agora a Lu nos ensinar a cozinhar. Que missão, hein?! 

 

Marcela Laner - Nutricionista

marcela.laner@gmail.com

Instagram: marcela_laner

 

 Fotos: Brócolis (Pinterest) e Mag (acervo pessoal) 

 

Please reload

Posts Destaque

Nhoque suflê de espinafre!

May 26, 2017

1/10
Please reload

Posts Recentes

April 6, 2017

Please reload

Busca palavra-chave
Arquivo
Please reload

Instagram