Rolou no fim de semana... turismo em MVD em 36 horas!

June 1, 2015

 

Oi gente! Espero que o final de semana de vocês tenha sido ótimo! O meu foi uma delícia! Apesar do friozinho, os dias estavam ensolarados e o céu muito lindo. Recebemos visitas de amigos queridos que não víamos há um tempão e fizemos um roteiro turístico light mas com várias coisas legais aqui em Montevidéu. Foi basicamente um turismo express em 36 horas!

 

Na sexta-feira, passeamos pela cidade velha e almoçamos no Estrecho, um dos meus restaurantes favoritos! Não sei porque, mas tenho a impressão que passeios por Montevidéu devem começar pela praça Independência, pelo portão da cidade.  

 

 

Sexta-feira a noite, jantamos em casa, aproveitamos para colocar o papo em dia e também pude provar para eles que as comidas que eu faço são de verdade e não só montagens que publico no blog! Hahaha :)

 

No sábado, depois de tomar um café-da-manhã com pães de queijo quentinhos, fomos para o  Mercado Agrícola. Já falei por aqui que adoro o lugar. Tem um charme fofo e a vantagem de não sair defumada, o que sempre acontece quando visitamos o Mercado do Porto. Almoçamos, passeamos e continuamos o passeio pelo Mercado de Artesãos no centro. Na hora do chá da tarde, fomos ao Philomène Café, uma das casas de chá mais tradicionais da cidade. A pedida do jantar de sábado foi ir ao Bardot. Eu não conhecia e adorei. Tem uma decoração fofa e o público era bem jovem!

 

No domingo, nos aventuramos pela feira de Tristan Narvaja. É uma feira bem antiga que acontece todos os domingos de manhã e é a maior mistureba! Tem um pouco de antiguidades, verduras fresquinhas, livros antigos, cacarecos e qualquer tipo de quinquilharia imaginável e inimaginável. Dá pra comprar manjericão e adotar um filhotinho de cachorro (ou gato, periquito e papagaio). Dá pra comprar adaptador de tomada, meias, cuias, bombas e ainda comer um pancho (cachorro-quente) de um carrinho sindicalizado! Sim, aparentemente existe um Sindicato dos Pancheros do Uruguay!

 

Pra fechar a visita com chave de ouro, um brunch com mimosas, como deve ser! No post do brunch, falei que sentia saudade dos meus amigos de DC e das mimosas sem fim! Foi como nos velhos tempos! É sempre bom receber visitas queridas em casa e ficar horas colocando o papo em dia e aproveitando cada parada estratégica para tomar um café, comer um docinho...

 

Foi dessas visitas que não tinham a pretensão de conhecer a cidade toda em tão pouco tempo e que sabem apreciar que cada cantinho, cada passeio tem o seu valor. Foi ótimo pra ver que nem sempre precisamos ter um roteiro super planejado e assumir um ritmo turístico frenético que tira fotos em cada ponto turístico sem saber nem a história por trás do monumento. Entramos em livrarias e simplesmente nos perdemos nas prateleiras buscando coisas interessantes entre tantas relíquias. 

 

E também escutamos o vendedor da feirinha explicar toda a história por trás do nome Montevideo.

 Livraria Babilonia - Livros Feira Tristán Narvaja e Livraria Linardi y Risso

 

E para quem tá com viagem marcada ou planeja conhecer Montevidéu em breve, o blog da Jamile tem post com dicas de roteiros, informações completas sobre os pontos turísticos mais visitados e também dicas que só quem mora aqui sabe! Cliquem aqui para acessar o blog Viver Uruguay e ver os posts sobre Tristan Narvaja, Mercado Agrícola, etc... É sempre o meu ponto de referência quando procuro algo legal pra fazer na cidade! 

 

Boa semana para vocês! E agora, uma profusão de fotos ilustrando nossos bordejos por aí!  

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Destaque

Nhoque suflê de espinafre!

May 26, 2017

1/10
Please reload

Posts Recentes

April 6, 2017

Please reload

Busca palavra-chave
Arquivo
Please reload

Instagram