Bacalhau com natas!

March 23, 2016

 

Essa receita foi compartilhada por uma amiga portuguesa (beijos, Zeza!) e comprovamos que é realmente deliciosa. Executamos a receita a seis mãos e foi uma farra tão grande na cozinha que até agora não sei se nos divertimos mais cozinhando ou comendo! Quem me segue no snap acompanhou flashes "ao vivo" da bagunça na cozinha e ainda ficou sabendo antecipadamente que ia rolar receita especial de Páscoa por aqui. Quero agradecer a Carine (amiga querida colega da Gato Dumas) e a Robertinha (dona do blog Bem Comer) por toparem a programação com tanto bom humor! E para fechar com chave de ouro, Jamis chegou na hora certa e bem a tempo de degustar essa iguaria conosco! Todas podem comentar por aqui e atestar que essa receita é sensacional! 

 

 

INGREDIENTES

 

1 kg de bacalhau (já dessalgado)

700 gramas de batatas

2 cebolas

3 dentes de alho

500 ml de creme de leite

300 ml de leite

2 colheres de manteiga

2 colheres de farinha de trigo

100 gramas de azeitonas pretas

100 gramas de queijo ralado

[azeite + sal + pimenta + noz-moscada + louro + salsinha]

 

MODO DE PREPARO

 

Começo aquecendo 1 litro de água numa panela. Adiciono o bacalhau na água fervente e cozinho por aproximadamente 10 minutos. Retiro o bacalhau e deixo escorrer o excesso de água em um papel toalha. Reservo a água do cozimento do bacalhau.

 

Retiro o caroço das azeitonas e pico grosseiramente. Descasco e pico o alho em pedaços bem pequeninhos. Descasco e corto as batatas em cubos. Em ma panela com óleo vegetal, frito as batatas, mas não deixo que elas peguem cor. Deixo as batatas escorrendo em papel toalha e tempero com sal. Corto a cebola em rodelas e refogo numa frigideira com um pouco de azeite, com uma pitada de sal e com algumas folhas de louro. Adiciono também o alho.

 

Desfio o bacalhau que estava reservado, retiro os espinhos e faço lascas grossas. Junto as lascas de bacalhau  e as azeitonas pretas com a cebola refogada. Adiciono, então, as batatas já fritas, misturo tudo muito bem e reservo.

 

Preparo então o molho bechamel. Numa panela, junto a farinha e a manteiga e deixo cozinhar por alguns minutos sempre mexendo com um fuet (também dá para usar uma colher de madeira). Não deixo a farinha pegar cor. Misturo o creme de leite e o leite e aqueço. Aos poucos vou jogando a mistura de creme de leite e leite quentes sobre a massinha de farinha e manteiga. Mexo muito bem com um fuet para desmanchar todos os grumos e obter um molho bem lisinho. Adiciono 300 mls da água de cozimento do bacalhau que estava reservada. Cozinho o molho em fogo suave mexendo constantemente até atingir o ponto napê (mergulho uma colher no molho, passo o dedo nas costas da colher e o caminho formado pelo dedo não volta a se unir). Tempero com sal, pimenta e noz-moscada.

 

Incorporo aproximadamente ⅔ do molho na mistura de bacalhau, cebolas e batatas refogadas. Misturo tudo muito bem e acerto o sal. Transfiro tudo para uma travessa que possa ir ao forno. Cubro com o restante do molho, salpico o queijo ralado e levo ao forno para gratinar (aproximadamente 30 minutos).

 

Sirvo colheradas de bacalhau, batatas e molho e salpico salsinha picadinha por cima.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bom apetite!

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Destaque

Nhoque suflê de espinafre!

May 26, 2017

1/10
Please reload

Posts Recentes

April 6, 2017

Please reload

Busca palavra-chave
Arquivo
Please reload

Instagram