Alimentos com função anti-inflamatória!

April 21, 2016

 

Nosso corpo possui um sistema de defesa amplo e complexo onde a alimentação tem seu papel. Conhecendo um pouco sobre o assunto, podemos empoderar a imunidade lá na cozinha.  

A imunidade é o exército que nos protege dos invasores. Tem a inata e a adquirida, formadas por células de defesa (macrófagos, anticorpos...), produzidas na medula óssea, baço, amígdalas, linfonodo. A inflamação é um processo biológico normal, é a resposta a uma injúria, um trauma, bactérias ou toxinas tentando invadir e bagunçar nosso organismo. Também pode ser iniciada por alterações genéticas. Quando um dano acontece, mediadores celulares são requisitados e dão início a uma cascata de sinais químicos e ativação de fatores. Começa o processo para expulsar o intruso, resolver a infecção e reparar os danos. Isso é pra ser rápido. Caso o problema demore a ser resolvido, uma inflamação exacerbada é prejudicial, leva a toxicidade, perda de função dos órgãos e tecidos. Ou seja, algo que era pra curar vira prejuízo.

Uma inflamação crônica está ligada a uma série de doenças: câncer, diabetes melito insulino-dependente, esclerose múltipla, lúpus, artrite, psoríase, tireoidite de Hashimoto, doença de Crohn, vitiligo, HIV, depressão, aterosclrerose, alzheimer, Parkinson, obesidade.

 

Alguns nutrientes recuperarem o equilíbrio do sistema imunológico, modulam os sinais inflamatórios, fortalecem a estrutura da membrana celular, regulam o recrutamento e ativação das células de defesa e promovem estabilidade genômica. Eis os principais: vitamina D, ômega 3, zinco, glutamina, selênio, vitaminas A, C e E, compostos flavonóides (que inclui as antocianidinas, quercetinas, isoflavonas) e também os probióticos e prebióticos.

 

Agora vem a melhor parte: comer! Listei os alimentos onde são encontrados os nutrientes imunomoduladores que não podem faltar no seu dia-a-dia. São eles: tomate, couve, brócolis, repolho, couve-flor, pimentão, couve-de-bruxelas, berinjela, cebola, rabanete, abóbora, cenoura, espinafre, agrião, cúrcuma, orégano, alho, salsa, soja, feijão, linhaça, aveia, nozes, castanha-do-Pará, amêndoas, acerola, maçã, cereja, Uva vermelha, cranberry, laranja, pitanga, goiaba, mamão, cacau, morango, ovo, salmão, atum, anchova, sardinha, iogurte, mel, azeite de oliva, café, chimarrão e chá verde.

 

 

 

São quase 50 opções para variar no seu cardápio, tente colocar pelo menos dois deles por dia. Lembrando que quanto mais variedade, melhor, e que os alimentos frescos são mais nutritivos.

 

 

Marcela Laner - Nutricionista

marcela.laner@gmail.com

Instagram: marcela_laner

 


****

 

Nota da Lu: Para quem não leu o post de apresentação da Mag, é só clicar aqui. Mag é minha amiga e uma super colaboradora do blog! E para ler todos os posts da Marcela no blog, é só buscar por Marcela Laner na caixinha de busca! 

 

Please reload

Posts Destaque

Nhoque suflê de espinafre!

May 26, 2017

1/10
Please reload

Posts Recentes

April 6, 2017

Please reload

Busca palavra-chave
Arquivo
Please reload

Instagram