Nhoque suflê de espinafre!

May 26, 2017

 

INGREDIENTES

 

70 g de espinafre

70 g de manteiga

500 ml de água

250 gramas de farinha de trigo

3 ovos

sal + pimenta + noz-moscada

 

 

 

MOLHO

 

100 g de bacon

60 g de cogumelos

100 ml de vinho branco

300 g de creme de leite fresco

1 colher de sopa de mostarda

sal + pimenta

100 g de queijo ralado

 

MODO DE PREPARO

 

Numa panela, junto a água, o espinafre e a manteiga. Tempero a água com sal, pimenta e noz-moscada. Eu usei espinafre congelado, então, assim que o espinafre descongelou e a manteiga derreteu, processei toda essa mistura com um mixer até obter uma mescla bem lisinha e homogênea. Volto a panela para o fogo e, assim que levantou fervura, adicionei a farinha de uma vez só. Vou mexendo com uma colher de pau até incorporar bem os ingredientes e obter uma massa bem densa, mas homogênea. Assim que a massa começar a formar uma bola em volta da colher e desgrudar do fundo da panela, ela chegou ao ponto correto e já dá para desligar o fogo. O próximo passo é juntar os ovos à massa. Eu fiz na batedeira, que é um pouco mais fácil, mas dá para fazer com a colher mesmo dentro da panela, adicionando um ovo por vez e incorporando muito bem e também. Na batedeira, ligo numa velocidade baixa e vou juntando os ovos de um a um até obter uma massa bem lisinha. Transfiro a massa para um saco de confeiteiro e reservo.

 

Para preparar o molho, coloco um fio de azeite numa panela, junto o bacon e deixo dourar. Adiciono, então, os cogumelos, refogo e junto o vinho branco. Assim que o vinho branco evaporar, adiciono o creme de leite fresco, a mostarda e tempero com sal e pimenta. Reservo o molho.

 

Numa panela coloco abundante água e, assim que levantar fervura, coloco um pouco de sal. Pego o saco de confeiteiro com a massa do nhoque, faço um furinho na ponta (não muito pequeno, mas também não muito grande – aproximadamente 1,5 cm de diâmetro), apoio sobre a borda da panela de água fervente e, com uma faca, vou cortando pedacinhos de massa e formando os nhoques. Assim que entram na água, os nhoques descem para o fundo da panela e, quando estão cozidos, sobem e ficam boiando. Transfiro os nhoques que ficam na superfície da água direto para o molho.

 

Repito o processo com toda a massa em etapas, para ir retirando os nhoques da superfície de tempos em tempos. Depois de incorporar bem os nhoques no molho tá prontinho! Já da pra servir assim mesmo salpicando queijo por cima do prato ou também dá pra colocar queijo por cima dos nhoques e levar pro forno pra gratinar. Das duas maneiras, o resultado é espetacular!

 

 

 

Os nhoques são macios, leves e deliciosos! Aqui em casa tem gente que não é fã nem de espinafre e nem de cogumelos e se deliciou com um pratão de nhoque.

 

E como falo no vídeo, a receita é super versátil. Eu fiz com espinafre, mas dá pra fazer de abóbora, beterraba e o resultado vai ser igualmente delicioso! Aguardo os comentários de vocês e quando fizerem, não esqueçam de me mandar fotos!

 

Bom apetite!

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Destaque

Nhoque suflê de espinafre!

May 26, 2017

1/10
Please reload

Posts Recentes

April 6, 2017

Please reload

Busca palavra-chave
Arquivo
Please reload

Instagram